Domingo, 17 Outubro de 2021
PUBLICIDADE
POLÍTICA | PESQUISA ELEITORAL
16/10/2020 - 12:21
Delegado Ricardo Galvão se mantém em primeiro lugar nas intenções de votos em Aragarças-GO
Delegado está com 45,91%, seguido por Plínio Leão com 33,41%, Girley Titi com 7,05%, Patrick Medeiros com 2,50% e Cirlei Japão com 0,45%. 10,68% não souberam ou não responderam
O Âncora GO

O Jornal O+Positivo divulgou nesta sexta-feira, 16 de outubro, uma nova pesquisa realizada no município de Aragarças, cidade do oeste goiano.

Na pesquisa estimulada, Ricardo Galvão (Republicanos) aparece liderando na preferência do eleitor com 45,91%. Na sequência aparece Plínio Leão (MDB) com 33,41%, Girley Titi (PSC) com

7,05%, Patrick Medeiros (Patriota) com 2,50% e Cirlei Japão (PSL) com 0,45%. 10,68% não souberam ou não responderam.

Na pergunta espontânea, quando as opções dos nomes dos candidatos não são apresentadas, Ricardo Galvão

mantém vantagem e é o preferido por 39,09% dos abordados. Plinio Leão tem 29,32%, Girley Titi 5,23% e Patrick Medeiros 1,32%. 25,04% não souberam ou não responderam.

A rejeição de cada um dos candidatos também foi aferida e 15,91% não votariam de jeito nenhum em Patrick Medeiros, enquanto Plínio Leão não receberia o voto de 15,23% dos eleitores entrevistados e Ricardo Galvão

de 13,18%. Girley Titi, por sua vez, não será o escolhido por 12,05% e Cirlei Japão tem a rejeição de 10,91% dos aragarcenses. 32,72% não souberam ou não responderam.


DADOS DA PESQUISA

A pesquisa realizada em Aragarças no dia 9 de outubro de 2020 ouviu 440 eleitores em todos os bairros do município e foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número GO-01675/2020.

O intervalo de confiança estimado é de 95% e a margem de erro estimada é de 4,6%, para mais ou para menos.

A metodologia é pesquisa quantitativa, com entrevistas pessoais no município de Aragarças Goiás, com questionário

elaborado de acordo com os objetivos da pesquisa. O universo (população de interesse) é constituído pelos eleitores registrados em Aragarças, com idade igual ou superior a 16 anos (13.088 eleitores, de acordo com dados de 08/2020

do TSE).

O Plano Amostral é por cotas proporcionais, considerando as variáveis: sexo, faixa etária, grau de instrução e nível econômico, estabelecidas de acordo com dados do TSE (08/2020) e IBGE (2010) e o sistema de coleta de dados é feito em campo, com o uso de tablets (questionário com questões espontâneas e estimuladas), enviando as coletas diretamente do campo para a base de dados das entrevistas. A equipe é formada por cinco entrevistadores

treinados e no mínimo 10% dos questionários são selecionados, aleatoriamente,

para checagem dos dados.

Sexo – Masculino: 46,82%; Feminino: 53,18%.

Idade – 16 a 24 anos: 13,85%; 25 a 34 anos: 19,09%; 35 a 44 anos: 19,77%; 45 a 59

anos: 26,59%; 60 anos ou mais: 20,70%. Grau de instrução – Analfabeto/Fundamental: 42,96%; Médio:

38,63%; Superior: 18,41%.

Nível Econômico – Até um

salário mínimo: 64,77%;

Mais de um a dois salários

mínimos: 20,91%; Mais de

dois a cinco salários mínimos: 10,69%; Mais de cinco

salários mínimos: 3,63%.

Mais informações sobre a pesquisa podem ser encontradas no site do TSE em: www.tse.jus.br/eleicoes/pesquisa-eleitorais/consulta-as-pesquisas-registradas.itoral (TSE)  com o número GO-01675/2020.

             
    PUBLICIDADE