Domingo, 17 Outubro de 2021
PUBLICIDADE
POLÍCIA | NOVA MONTE VERDE - MT
23/06/2021 - 16:17
Suspeitos de integrar quadrilha procurada há 15 dias por roubo a bancos são presos pela Polícia Civil
Além desses dois presos, seis suspeitos do assalto foram localizados e mortos em confronto com a polícia. Cerca de R$ 200 mil levados das agências já foram recuperados.
O ÂNCORA - MT
Imagem da câmera de segurança . / Foto: Reprodução

Dois suspeitos de fazer parte da quadrilha que assaltou duas agências bancárias, em Nova Bandeirantes (MT), no dia 4 deste mês, foram presos pela Polícia Civil nesta quarta-feira (23), em Nova Monte Verde, que fica a 54 km da cidade onde aconteceu o roubo.

Os criminosos são procurados há mais de 15 dias. Durante esse período de buscas, seis deles foram mortos em dois confrontos com policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e da Força Tática. Ao todo, cerca de 20 pessoas teriam participado do assalto às agências, na modalidade Novo Cangaço.

Eles estavam hospedados em um hotel, em Nova Monte Verde.

Durante as buscas e confrontos desde a data do assalto, aproximadamente R$ 200 mil em espécie foram recuperados pela polícia.

Nesta terça-feira (22), agentes do Bope e da Força Tática encontraram R$ 45 mil escondidos em uma região de mata em Nova Bandeirantes. O dinheiro seria parte da quantia roubada dos bancos.

Antes disso, no dia 10, quatro foram mortos pela polícia. Na ocasião, mais de R$ 160 mil também foram recuperados.

E, nessa segunda-feira (21), outros dois assaltantes morreram após troca de tiros com os agentes. Com eles, a polícia encontrou R$ 43.510 em espécie.

O Bope acredita que a nova quantia encontrada nesta terça-feira foi deixada por um dos assaltantes que conseguiu fugir durante o último confronto.

A polícia estima que cerca de 20 pessoas participaram do assalto no estilo ‘Novo Cangaço’, que fez mais de 30 pessoas reféns. Os criminosos estavam armados e usavam roupas camufladas.

Confrontos

Os policiais do Bope foram chamados pela equipe da Força Tática no dia 10, depois de virem que uma caminhonete branca empreendeu fuga assim que avistou a barreira policial, retornando com o veículo pela Estrada Procomp. A equipe da barreira foi atrás dos suspeitos e avistou pessoas abandonando o carro e correndo em direção à mata.

A Força Tática retornou com a caminhonete abandonada para o ponto da barreira.

De acordo com a PM, a equipe do Bope foi surpreendida por tiros e iniciou-se um confronto armado. Quatro suspeitos foram atingidos, foram levados ao Hospital Municipal de Nova Bandeirantes, mas não resistiram aos ferimentos.

Nesta semana, ocorreu um novo confronto. De acordo com o Bope, os ladrões estavam na mata e reagiram. Na ocasião, três foram mortos.

Buscas continuam

Uma força-tarefa composta por cerca de 120 policiais foi montada desde o assalto para atuar nas buscas pelos outros assaltantes que atacaram as agências bancárias.

A operação conta com policiais militares do Bope e policiais civis do Grupo de Operações Especiais (GOE) e Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO).

Os policiais estão em uma região de mata e já percorreram toda a área rural do município. Em grupos separados, atravessaram locais de difícil acesso e tiveram que passar por rios e córregos.


Fonte: G1 MT

             
    PUBLICIDADE