Segunda, 23 Maio de 2022
PUBLICIDADE
POLÍCIA | CALDAS NOVA - GO
27/01/2022 - 12:32
Perícia acha sete facadas no corpo da mãe dos irmãos suspeitos de matar o pai por acharem que ele matou a mulher
Polícia contou que foram cinco perfurações no peito e na barriga, sendo que uma atingiu o coração, e duas nas costas. Os irmãos estão presos.
O ÂNCORA GO
Rafael Oliveira, do g1 Goiás. Foto: Reprodução.

A perícia da Polícia Civil achou sete marcas de facadas no corpo da mãe dos irmãos suspeitos de matar o pai por acharem que ele matou a mulher há dois dias na zona rural de Caldas Novas, no sul de Goiás. Os irmãos estão presos.

O delegado Tiago Fraga Ferrão contou que foram cinco perfurações no peito e na barriga, sendo que uma atingiu o coração, e duas nas costas.

“A perícia apontou que a mulher tinha, ao total, sete marcas perfurocortantes, que em 90% dos casos são feitas por facas. No caso do pai, as lesões de cortes foram feitas pela corda”, explicou Tiago Fraga.

Os dois irmãos foram presos na terça-feira (25), mesmo dia em que a polícia achou o corpo da mãe em uma mata da zona rural. O delegado contou que a mulher, de 47 anos, foi localizada minutos antes da prisão deles.

Os nomes dos suspeitos não foram divulgados. Por isso, o g1 não localizou a defesa para se manifestar sobre o caso. Os irmãos ficaram em silêncio durante o depoimento, conforme o delegado.

Irmãos tinham passagem pela polícia

“Mataram o pai antes de a mãe ser encontrada. Inclusive, no momento da prisão deles, a gente recebeu a notícia de que ela tinha sido encontrada”, pontuou Tiago Fraga.

A princípio, eles relataram no momento da prisão que o pai era muito ciumento e estaria ingerindo muita bebida alcoólica nos últimos meses por não aceitar o fim do relacionamento. O delegado pondera que a motivação do crime ainda será esclarecida.

Os irmãos tinham passagens pela polícia, segundo o delegado: um por tráfico de drogas e um por homicídio.


Fonte: G1 Goiás

             
    PUBLICIDADE