Sábado, 16 Outubro de 2021
PUBLICIDADE
POLÍCIA | BARRA DO GARÇAS - MT
29/07/2021 - 14:56
Mãe e filha provocam incêndio e desacatam equipes de combate próximo ao Parque Estadual da Serra Azul
A Polícia Militar foi acionada para dar apoio a equipe de bombeiros civis, no bairro Santo Antônio, próximo ao Parque Estadual da Serra Azul, onde a equipe havia identificado um foco de incêndio.
O ÂNCORA - MT
Queimada . / Foto: Reprodução

Uma mulher de 33 anos foi presa, e a filha dela de 15 anos, apreendida nessa quarta-feira (28), em Barra do Garças, suspeitas de provocarem incêndio em mata, desacato, resistência, ameaça, desobediência, dano e injúria.

A Polícia Militar foi acionada para dar apoio a equipe de bombeiros civis, no bairro Santo Antônio, próximo ao Parque Estadual da Serra Azul, onde a equipe havia identificado um foco de incêndio.

Segundo a ocorrência policial, ao constatarem que o fogo havia sido iniciado no quintal de uma residência, os bombeiros conversaram com as moradoras, solicitando a autorização para adentrar o quintal e conter o foco, momento em que foram impedidos por mãe e filha, que com xingamentos , disseram que o fogo já havia sido extinto.

De acordo com os bombeiros, as suspeitas ainda arremessaram pedras, que atingiram e danificaram um veículo da Secretaria Estadual de Meio Ambiente (SEMA), e ameaçaram a equipe, dizendo que se eles voltassem ao local, seriam arrebentados na pedrada, juntamente com seus veículos.

Os bombeiros ainda informaram à polícia, que não era a primeira vez, que focos de incêndio eram detectados na referida residência, que faz limite com a Serra Azul.

Mesmo diante das advertências feitas à mãe e filha, sobre a necessidade da intensificação do trabalho de fiscalização, realizado no período de estiagem para conter os danos causados pelas queimadas, elas resistiram, desobedeceram e desacataram a equipe, impedindo que o trabalho fosse realizado.

Com a chegada da Polícia Militar, a mãe recebeu voz de prisão e foi conduzida à delegacia juntamente com a filha menor de idade apreendida, sendo possível o adentramento ao quintal e a contenção do foco de incêndio.


Fonte: Rede da Notícia

             
    PUBLICIDADE