Sábado, 16 Outubro de 2021
PUBLICIDADE
POLÍCIA | GOIÂNIA GO
11/03/2021 - 13:48
Mãe deixa a filha com babá e não volta para buscar há dois meses em Goiânia (GO), diz Conselho Tutelar
Acordo inicial entre a mãe e a babá era de três dias, mas a cliente sumiu. Conselho Tutelar registrou boletim de ocorrência por abandono de incapaz e entregou a criança ao avô materno.
O Âncora GO
Menina de 3 anos é resgatada pelo conselho tutelar após ser deixada com babá há dois meses. / Foto: Reprodução/Conselho Tutelar.

Uma menina de 3 anos foi deixada com a babá para ser cuidada por três dias, mas a mãe não voltou para buscar a criança, que está aos cuidados da funcionária há dois meses, segundo o Conselho Tutelar de Goiânia (GO). A menina foi resgatada nesta quarta-feira (10).

O conselheiro, que preferiu não se identificar, disse que registrou boletim de ocorrência na Delegacia da Mulher (Deam) contra a mãe da menina, que tem 24 anos, por abandono de incapaz.

O nome da mãe não foi revelado. Por isso, o G1 não localizou a defesa para se manifestar.

O avô materno da criança, que mora em Trindade, viajou a Goiânia (GO), a menos de 30 km de distância, para buscar a menina, que ficará com ele até a mãe passar por uma espécie de reciclagem, com sessões de terapia com um psicólogo. Ao conselheiro, o parente disse que não sabia da situação da neta e achava que estava com a mãe.

Segundo o conselheiro tutelar, o acordo inicial da mãe com a babá era para que a criança ficasse três dias na casa dela, mas a mulher viajou para Brasília e não retornou para buscar a filha.

Em contato telefônico com a mãe da menina, nesta quarta-feira, o conselheiro disse que ela alegou estar trabalhando no Distrito Federal e que voltaria para buscar a criança.

Ainda de acordo com o conselheiro, a dívida inicial com a babá era de R$ 150. Agora, subiu para R$ 2,7 mil. O acerto dos dias de cuidados será discutido entre a babá, a mãe e um delegado, segundo o conselheiro.



Fonte: G1 GO

             
    PUBLICIDADE