Terça, 26 Outubro de 2021
PUBLICIDADE
POLÍCIA | TANGARÁ DA SERRA - MT
26/07/2021 - 15:50
Mãe dá surra em filho em delegacia por ele participar de sequestro de motorista
Registro da Polícia Civil aponta que a mulher aceitou uma corrida para 4 clientes e, em determinado momento, eles anunciaram um assalto com arma de fogo. Ela foi obrigada a se sentar no banco de trás e foi sequestrada. De acordo com seu relato, a todo momento ela foi espancada com vários socos na região do rosto. Por meio de imagens, é possível ver que ela ficou com o rosto desfigurado. Registro oficial aponta que ela teve lesões na boca e no olho direito. Por medo de morrer, ela simulou desmaio. Em seguida, criminosos a colocaram em cima de uma ponte. Ela, então, afundou no rio e se fingiu de morta para fugir da visão dos homens. Mulher conseguiu pedir socorro em sítios nas proximidades e foi encaminhada para atendimento médico. Caso deve ser investigado.
O ÂNCORA - MT
Imagens registradas . / Foto: Reprodução

Mãe de um dos acusados de roubar e espancar uma motorista de aplicativo, de 40 anos,  na madrugada de sábado (24) em Tangará da Serra (MT) agrediu o filho assim que ele se entregou na delegacia de polícia. Mulher se revoltou com a atitude do filho e, na frente dos policiais, lhe desferiu vários tapas.

Por meio de vídeos, divulgados nas redes sociais, é possível ver que a mulher afirma, aos prantos, que o filho tem tudo em casa e, por isso, nada justificaria o roubo. Além dele, outras três pessoas foram acusadas pelo roubo.

Registro da Polícia Civil aponta que a mulher aceitou uma corrida para 4 clientes e, em determinado momento, eles anunciaram um assalto com arma de fogo. Ela foi obrigada a se sentar no banco de trás e foi sequestrada.

De acordo com seu relato, a todo momento ela foi espancada com vários socos na região do rosto. Por meio de imagens, é possível ver que ela ficou com o rosto desfigurado. Registro oficial aponta que ela teve lesões na boca e no olho direito.

Por medo de morrer, ela simulou desmaio. Em seguida, criminosos a colocaram em cima de uma ponte. Ela, então, afundou no rio e se fingiu de morta para fugir da visão dos homens. Mulher conseguiu pedir socorro em sítios nas proximidades e foi encaminhada para atendimento médico. Caso deve ser investigado.


Fonte: RDN News

             
    PUBLICIDADE