Terça, 26 Outubro de 2021
PUBLICIDADE
POLÍCIA | URUAÇU GO
16/03/2021 - 16:33
Homem é detido suspeito de assediar ao menos 15 mulheres em ruas de Uruaçu (GO)
Segundo a polícia, usando um carro prata, ele abordava pedestres, mostrava o órgão genital e falava palavras de cunho sexual. Em depoimento, ele alegou estar sob o efeito de drogas e que, por isso, não se lembrava de ter cometido os crimes.
O Âncora GO
Carro apontado pela polícia como sendo de homem suspeito de assediar mulheres em Uruaçu (GO). / Foto: Reprodução Divulgação/Polícia Civil.

Um homem de 45 anos foi detido suspeito de assediar ao menos 15 mulheres em ruas de Uruaçu (GO), na região norte de Goiás. Segundo a Polícia Civil, usando um carro prata, ele abordava as pedestres, mostrava o órgão genital e falava palavras de cunho sexual a elas.

O G1 não conseguiu localizar a defesa dele para que pudesse se posicionar sobre as acusações. Conforme a polícia, em depoimento, ele disse que estava sob o efeito de drogas e, por isso, não se lembrada de ter cometidos os crimes.

O homem foi detido na segunda-feira (15). De acordo com o delegado Fernando Martins, um dos responsáveis pela investigação, a corporação chegou até ele depois que uma das mulheres conseguiu anotar a placa do veículo que ele utilizava para cometer os crimes.

"Com a placa do veículo, nós conseguimos localizar onde ele mora. Chegando lá, o encontramos juntamente com o carro que foi descrito pela vítima. Com isso, foi possível identificá-lo como autor de vários de crimes de importunação sexual e ato obsceno praticados não só em Uruaçu (GO), mas em outras cidades da região", afirmou o delegado.

Segundo o delegado Peterson Amin, por conta da ausência de flagrante, o suspeito não foi preso e será investigado em liberdade. Conforme o investigador, o homem deve responder pelos crimes de importunação sexual e ato obsceno: "Considerando a soma da pena mínima dos delitos e tendo em vista as 15 vítimas que já se apresentaram à delegacia, a pena pode passar de 18 anos."

A polícia acredita que ele tenha abordado mais mulheres ainda e espera que, com a divulgação do caso e do carro em que ele cometia os crimes, outras pessoas o identifiquem. As denúncias podem ser feitas pelo telefone 197.



Fonte: G1 GO

             
    PUBLICIDADE