Quarta, 28 Julho de 2021
PUBLICIDADE
POLÍCIA | CANARANA -MT
07/07/2021 - 16:30
Após ser agredida e ameaçada de morte, mulher revela à polícia que marido possuía armas de fogo; suspeito foi preso
Vítima afirma que vem sendo agredida há vários anos e só agora resolveu denunciar o marido.
O ÂNCORA - MT
Foto ilustrativa . / Foto: Reprodução

Uma mulher de 37 anos foi agredida pelo marido na noite de segunda-feira (05), na cidade de Canarana (MT), a 330 km de Barra do Garças (MT). Revoltada, a vítima  denunciou o companheiro por posse irregular de arma de fogo.

Vizinhos acionaram a polícia, após ouvirem a discussão entre o casal, e notarem indícios de agressões físicas.

No local, policiais da 5° Companhia, encontraram a mulher com um dos olhos roxo e inchado. Questionada sobre a lesão, ela afirmou que há anos, vem sendo vítima de violência doméstica praticada pelo marido, porém, nunca o havia denunciado, e que o motivo da agressão era ciúme.

“Hoje ele estava muito nervoso, me colocou no carro, me levou para um lugar ermo, e me deu vários socos. Depois de me bater, me trouxe de volta para casa”, contou a vítima à polícia.

Após a prisão do suspeito, que estava na residência, a esposa disse aos policiais que temia pela própria vida, uma vez que o marido já havia dito, que se necessário, contrataria e pagaria uma pessoa para matá-la.

Diante do medo de ser assassinada, ela revelou que o homem possuía em casa, duas armas de fogo, sendo uma arma de cano longo, e outra de cano curto.

Com a autorização da mulher, os policiais encontraram em cima de um móvel no quarto do casal, um revólver Taurus calibre 38, de seis tiros, além de munições calibre 28 intactas e cartuchos do mesmo calibre já deflagradas, que estavam em uma das gavetas do móvel.

O marido foi preso, por lesão corporal e ameaça contra a esposa, além da posse ilegal de arma de fogo.


Fonte: Rede da Notícia

             
    PUBLICIDADE