Terça, 26 Outubro de 2021
PUBLICIDADE
ECONOMIA | MATO GROSSO
18/03/2021 - 15:46
Chuvas e falta de infraestrutura causam prejuízo de R$ 1,3 bilhão no setor agrícola em MT, estima Imea
Em Mato Grosso, a colheita de soja continua. São mais de 1,5 milhão de hectares para serem colhidos.
O Âncora MT
Soja. / Foto: Reprodução.

As chuvas frequentes e a falta de infraestrutura no campo devem causar um prejuízo de R$ 1,3 bilhão, segundo estimativa do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária de Mato Grosso (Imea-MT). Em Mato Grosso, a colheita de soja continua. São mais de 1,5 milhão de hectares para serem colhidos.

De acordo com o Imea-MT, os volumes de chuva durante a colheita foram 55% maiores que a média histórica para o período, principalmente nas regiões que mais produzem soja no estado, como a médio norte.

Segundo o Sindicato Rural, em Sorriso, que é o maior produtor brasileiro de soja, a colheita está praticamente encerrada. Agora os produtores voltam para tentar colher a soja estragada, que foi deixada para trás.

"Houve perda de 15% a 20%. Nós tivemos produtividades baixas em alguns talhões. Esperávamos colher 65, mas quando colocava a máquina colhia 52 ou 54. Essa era a produtividade, quando colhia", explicou o presidente do sindicato, Silvano Filipetto.

O Imea-MT estima que, em todo o estado, cerca de 30 mil hectares nem devem ser colhidos. O grão está tão ruim que a colheita acaba não compensando para os produtores.

Nas áreas rurais, a chuva ainda causa prejuízos em estradas e pontes. No leste do estado, atoleiros continuam prejudicando o escoamento da safra.

Diante desse cenário de prejuízos, muitos municípios decretaram situação de emergência para tentar melhorar a infraestrutura e dar mais "fôlego" aos produtores para negociar os contratos e dívidas.



Fonte: G1 MT

             
    PUBLICIDADE