Segunda, 23 Maio de 2022
PUBLICIDADE
COVID-19 | CUIABÁ - MT
09/02/2022 - 17:09
Líder quilombola morre com Covid-19 após 5 dias internada em MT
Natalina de Oliveira França era ativa nos movimentos de bairros na periferia de Cuiabá e Várzea Grande e na luta do Quilombo de Pita Canudos, em Cáceres.
O ÂNCORA MT
Natalina de Oliveira França morreu aos 67 anos. Foto: Divulgação. Reprodução

A líder quilombola Natalina de Oliveira França, de 67 anos, morreu no domingo (6), em decorrência da Covid-19, em Cuiabá.

Natalina é uma das pioneiras do Quilombo de Pita Canudos, em Cáceres, a 250 km da capital. No entanto, ela estava internada em uma policlínica em Cuiabá há cinco dias.

O sepultamento foi cemitério São Gonçalo, também na capital.

A vereadora de Cáceres, Mazéh Silva (PT), lamentou nas redes sociais a morte da ativista.

"Este dia de imensurável tristeza, onde perdemos Dona Natalina, pessoa maravilhosa. Uma mulher de luta, inteligente, que teve sua trajetória nos movimentos de bairros na periferia de Cuiabá e Várzea Grande.

Contribuiu muito na organização dos Remanescentes Quilombolas de Pita Canudos. Que familiares e amigos recebam as minhas mais sinceras condolências", diz trecho da publicação.

A Associação dos Remanescentes dos Quilombolas do Pita Canudos também lamentou e afirma que Natalina deixará um legado de lutas, companheirismo e, sobretudo, determinação e amor, pela família e pela terra em que nasceu.


Fonte: G1 MT

             
    PUBLICIDADE