Domingo, 17 Outubro de 2021
PUBLICIDADE
COVID-19 | BARRA DO GARÇAS - MT
12/01/2021 - 10:20
Barra do Garças (MT) está em alerta vermelho em relação a Covid-19, afirma Adilson Gonçalves (PSD)
O prefeito afirmou em entrevista ao Bom Dia MT que o município está em alerta vermelho, pois só tem 01 leito de UTI disponível.
O Âncora MT
Prefeito Adilson Gonçalves (PSD) em entrevista ao Bom dia MT. / Foto: Assessoria de Comunicação

Durante a entrevista ao Bom Dia Mato Grosso, programa da afiliada da Rede Globo, Centro América, Dr. Adilson falou da gravidade que se encontra a situação em relação aos casos de Covid-19.

“A situação é de extrema gravidade, precisamos da ajuda da população, pedimos para ficarem em casa e manter o distanciamento social, pois estamos correndo o risco de não termos mais leitos de UTI para atender que necessita”, destacou.

​Barra do Garças que lançou na última sexta-feira (08), um decreto que busca o equilíbrio entre as necessidades econômicas da população e a prevenção ao novo coronavírus, está em alerta vermelho, já que, dos sete leitos disponíveis no hospital público do município, apenas um está desocupado, contudo, há a previsão de que um paciente que se encontra em estado grave venha a ocupá-lo em breve.

Ao ser procurado pela equipe de comunicação, Adilson Tavares, o secretário de Saúde de Barra do Garças, revelou que a situação é crítica e reforça à população a necessidade de colaboração.

“O único leito disponível está sendo cogitada a ocupação, pois existe um paciente em estado de atenção em internação semi-intensiva, que poderá necessitar em breve de tratamento intensivo”, revela Tavares.

Todos os cuidados em relação à prevenção deste vírus são extremamente necessários e, este tem sido o trabalho incansável de toda a equipe da nova gestão municipal. A conscientização da população acerca da gravidade da doença e a suma importância dos cuidados para não contágio, principalmente de pessoas do grupo de risco.

Os idosos têm sido os mais afetados pela doença e, por isso, o Dr. Adilson durante a entrevista ao vivo, solicitou encarecidamente que a população mais jovem redobre os cuidados evitando o contato com pessoas da terceira idade e quando não possível, prevenir para que o vírus não chegue até essas pessoas.

“A população mais jovem é responsável, na maioria dos casos, por levar a doença para dentro de casa, por serem assintomáticos acabam infectando os parentes com mais idade, que por sua vez, quando padecem de outras doenças sofrem com sintomas graves ocasionados pelo Covid-19”, constata o gestor.

Um dos pontos acrescidos ao decreto é a não realização de festas e eventos que gerem aglomeração, porém é sabido, através de denúncias que há a realização de festas clandestinas que acabam por proliferar o vírus. Sendo assim, o Dr. Adilson requisita a atenção dos promotores de festas da cidade, para que colaborem auxiliando no trabalho de erradicação do contágio do novo coronavírus.


Fonte: Assessoria de Comunicação 

             
    PUBLICIDADE