Quinta, 21 Outubro de 2021
PUBLICIDADE
COVID-19 | ADOLESCENTES PRAIA
17/06/2020 - 23:08
Banhistas ignoram pandemia e montam barraca na praia Quarto Crescente
Foto mostra banhistas na faixa de areia da praia Quarto Crescente, em Aragarças. Sargento Edson respondeu ao questionamento das adolescentes sobre a proibição
Jozean Benício de Almeida
Enquanto os militares se aproximavam da barraca, as adolescentes se apresentaram nervosas e questionaram os PMs. / foto: Carlos Gomes

Apesar do aumento diário no número de casos confirmados e de mortes por causa do novo coronavírus, um grupo de jovens barragarcense decidiu ignorar as regras de distanciamento nesta quarta feira e até uma barraca foi instalada na praia Quarto Crescente em Aragarças (GO). Os policiais militares foram acionados e pediram para que as três jovens, uma de 15 e outras duas de 16 anos, retornassem para suas casas.

No momento em que os militares chegaram elas questionaram o motivo de pescadores poderem estar no local.

"Eles estão respeitando todas as normas de distanciamento", disse o Sargento Edson.

Uma delas ainda afirmou que tinha autorização dos pais para estar na praia, o que, segundo o Sargento, pode ser ainda mais grave, já que os responsáveis pelas jovens não tiveram consciência do tempo de pandemia. 

As jovens foram orientadas e liberadas, caso voltem a acampar, as consequências para os pais podem ser maiores, como ter que responder judicialmente. 

A temporada de 2020 do Araguaia em Aragarças (GO), está suspensa para turistas e moradores da região, além de ter sido cancelada em todo estado de Goiás para evitar a expansão da pandemia da Covid-19.

O Comando da Polícia Militar de Goiás divulgou um comunicado informando a proibição da presença de pessoas causando aglomeração nas praias em toda a extensão do Rio Araguaia.

GOIÁS

"O GOVERNADOR DO ESTADO DE GOIÁS, no uso de suas atribuições constitucionais e legais e tendo em vista o que consta do Processo nº 202000017005337,

DECRETA:
Art. 1º Fica proibida a realização de quaisquer atividades que impliquem em aglomeração de pessoas para lazer e turismo na grande região do Rio Araguaia, aí incluídos os trechos do Rio Araguaia e seus afluentes no Estado de Goiás [...]"

O Decreto do Governo de Goiás, a partir de consultas a municípios, instituições públicas e entidades representativas da sociedade, proíbe a realização dos acampamentos, eventos como shows musicais, festas, caminhadas ecológicas, passeios ciclísticos, corridas, realização de espetáculos. 
Também estão vedados o uso coletivo de beiras de rios, cachoeiras e praias formadas no Rio Araguaia e seus afluentes e a instalação de estruturas temporárias de restaurantes, bares, banheiros, pontos de apoio e quaisquer outras de atendimento a turistas e usuários em praias, beiras de rios e cachoeiras. O decreto foi assinado nesta quarta-feira, dia 10, pelo governador Ronaldo Caiado.

  • Image
         
PUBLICIDADE