Quarta, 12 Maio de 2021
PUBLICIDADE
COTIDIANO | BARRA DO GARÇAS - MT
27/01/2021 - 13:05
Dr. Adilson sanciona lei que permitirá aumento salarial dos agentes de saúde e de combate às endemias
O aumento passa a valer ainda no ano de 2021 e auxiliará cerca de 216.827 profissionais em todo o país.
O Âncora MT
A normativa também define que, no último trimestre de cada ano, será transferida uma parcela extra, calculada com base no número de ACS e ACE registrados no sistema, multiplicado pelo novo valor do incentivo financeiro. / Foto: Reprodução

O Prefeito Municipal de Barra do Garças, Dr. Adilson Gonçalves de Macedo, após a aprovação da Câmara de Vereadores do município, sancionou a Lei que permitirá o aumento do piso salarial dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e dos Agentes de Combate às Endemias (ACE) para 2021. O valor do piso salarial passará de R$ 1,4 mil para R$ 1,55 mil.

A normativa também define que, no último trimestre de cada ano, será transferida uma parcela extra, calculada com base no número de ACS e ACE registrados no sistema, multiplicado pelo novo valor do incentivo financeiro.

O reajuste foi estabelecido pela Lei Federal nº 13.708, de 14 de agosto de 2018, que fixou o piso salarial dos Agentes Comunitários de Saúde e dos Agentes de Combate às Endemias de forma escalonada ao longo dos anos.

A demanda de trabalho desses profissionais aumentou consideravelmente após o início da pandemia do novo coronavírus, é o que nos revelou Valéria Damascena Moura Tavares, agente de saúde há 19 anos atuante no município.

“Esse reajuste é importante, pois todo o aumento que acrescenta em minha renda além de ajudar nas despesas da minha casa gira a economia local”, revela Valéria. 

  Os papéis do agente comunitário de saúde e do agente de combate às endemias consistem em ampliar o acesso da população às ações e aos serviços de informação, de saúde, de promoção social e de proteção da cidadania. São eles que criam uma ponte entre os pacientes e as unidades básicas de saúde, trabalho fundamental à sociedade na manutenção do bem-estar.

Sendo desta forma o trabalho dos agentes tornou-se ainda mais necessário quando no enfrentamento à Covid-19, principalmente na busca ativa por pacientes sintomáticos, na multiplicação de informações, além das contínuas visitas domiciliares e apoio na organização do fluxo de atendimento dos pacientes com sintomas de síndrome gripal e Covid-19 nas unidades de saúde.

Durante a vacinação, em municípios como Barra do Garças, que serão realizadas as imunizações através de sistema volante, os agentes serão peças importantíssimas no controle dos vacinados e também para que não haja fraudes que possam prejudicar os grupos prioritários. Devido a esses trabalhadores fazerem visitas constantes nos lares dos moradores, esse vínculo permite uma assistência de forma mais humana e acolhedora, estabelecendo laços de confiança entre profissionais e cidadãos, principalmente aos idosos e crianças que necessitam de maior atenção. 


Fonte: Assessoria de Comunicação 

             
    PUBLICIDADE