Sábado, 16 Outubro de 2021
PUBLICIDADE
COTIDIANO | BALIZA - GO
01/04/2021 - 13:15
Começam as obras da nova Escola Municipal Bandeirante no Assentamento Oziel Alves Pereira, em Baliza (GO)
Pela primeira vez na história de Baliza (GO) e região do Araguaia, um recurso foi captado via Projeto Social.
O Âncora MT
Fotos capturadas antes da pandemia. Equipe reunida para o desenvolvimento do projeto. / Foto: Reprodução

O início dos trabalhos para a construção da nova escola Municipal Bandeirantes teve início no dia 25 de março, com a demolição do prédio antigo. A construtora irá iniciar a mobilização no próximo dia cinco, com previsão de iniciar os trabalhos na primeira quinzena deste mês de abril, após realizar o processo de contratação de profissionais.

A equipe recebeu o topógrafo no último dia 29, para realizar a locação e demarcação dos níveis. A responsabilidade do município é entregar a terraplanagem pronta à construtora contrata pelas empresas investidoras.

Pela primeira vez na história de Baliza (GO) e região do Araguaia, um recurso foi captado via Projeto Social. O Banco BNDES firma empréstimos com grandes empresas nacionais e multinacionais com a condição contratual de aplicar recursos em projetos sociais nos municípios em que atua diretamente ou indiretamente. 

O convite chegou à Prefeitura de Baliza (GO) em 2017, na época, a prefeita Fernanda Nolasco (DEM) agarrou o projeto. Junto à equipe, a Secretária de Educação Eliane Timo, Secretária de Planejamento Giselly Moraes e o Engenheiro Civil Reginaldo Leão Filho, decidiram como meta vencer essa competição.

A princípio o recurso pleiteado era de apenas 700 mil reais, o que era insuficiente para fazer uma nova construção. Então, Fernanda Nolasco (DEM) e a equipe definiram que parte do dinheiro seria para reforma da escola e outra parte para aquisição de um ônibus escolar aos estudantes universitários.

O engenheiro da Prefeitura, Reginaldo Leão, ficou responsável pelo desenvolvimento do projeto dissertativo e técnico para explicar a real situação, justificar, argumentar e definir a importância do projeto. O material foi apresentado às empresas, que selecionaram os melhores para segunda etapa da competição.

Baliza (GO) foi contemplada com grande mérito. O município foi o único do Estado de Goiás a vencer a competição. Porém, com algumas ressalvas, foi solicitado que mantivesse apenas a escola na segunda etapa, pois o público beneficiado seria maior.

Um representante das empresas junto de Sabrina da Naiá Social  visitaram a Escola Municipal Bandeirante. Na ocasião, ao ver o estado estrutural da escola, cogitaram a possibilidade de um possível acréscimo no recurso.

Após essa visita e negociação com as empresas investidoras, foi aprovado o aumento do recurso, que chegou a um resultado final captado de R$ 1.290.399,43 (aproximadamente 1,3 milhão e trezentos mil de reais), 600 mil a mais do que era previsto. 

Todo o processo demorou cerca de dois anos de trabalho, mais um para o desenvolvimento dos projetos de engenharia pela empresa de arquitetura contratada.

Outra preocupação era ter recurso para adquirir mobiliários novos para a nova escola, já que a maioria estavam em más condições. No ano de 2020, a Prefeitura foi contemplada no ano passado com duas emendas parlamentares. Uma de 100 mil do deputado estadual Rubens Marques e outra de 150 mil do deputado estadual Antônio Gomide. Esses recursos foram suficientes para mobiliar as duas escolas municipais. 





             
    PUBLICIDADE