Terça, 26 Outubro de 2021
PUBLICIDADE
BRASIL | GOIANÉSIA GO
21/10/2020 - 23:18
Motoqueiros invadem comitê utilizado por coligação em Goianésia-GO; VEJA VÍDEO
Área invadida é privada, e foi cedida pelo proprietário para ser utilizada como Comitê.
Por Jozean Benício, O Âncora GO
Momento em que motoqueiros invadiram espaço do Comitê. / Foto: Reprodução

Motoqueiros com bandeiras marcadas com o número 25, em apoio ao candidato pelo partido Democratas, Leozão, invadiram o Comitê Jovem do partido de oposição, MDB, do candidato Pedro Gonçalves. Tudo aconteceu na noite desta terça-feira (20/10), por volta das 19h30min, na rua 21, Bairro São Cristóvão, em Goianésia, município do interior de Goiás. 

Um vídeo compartilhado nas redes sociais mostra o momento em que os motoqueiros empinaram os veículos com bandeiras partidárias no espaço utilizado pela equipe da Coligação Unidos por Goianésia. Já os veículos que passaram pela avenida permaneceram parados por um tempo. (VEJA O VÍDEO NO FINAL DA MATÉRIA)

Populares informaram à equipe de jornalismo do site O Âncora, que no momento da "invasão" pessoas estariam trabalhando no Comitê. Com medo de represálias, uma mulher que preferiu não ser identificada informou qual foi a sensação. 

"A reação foi de revolta. 

Como pode a equipe da atual gestão fazer essas coisas", disse à reportagem. 

Segundo informações de populares, a área invadida pelos motoqueiros é privada, e foi cedida pelo proprietário para ser utilizada como Comitê. O local é usado para plotagem de veículos. 

À equipe do site O Âncora, a Assessoria de Comunicação da Coligação O crescimento Continua, informou que a campanha não compactua com vandalismo, e que o movimento dos motoqueiros não era parte da carreata realizada em apoio ao candidato Leozão (DEM).

Mas quem trabalhava no comitê no momento da invasão insistiu em dizer que o movimento fazia parte da carreata, já que a rota poderia não ter passado diretamente na Avenida Pará, mas próximo à esquina.

A reportagem ainda recebeu da Assessoria da Coligação O Crescimento Continua o print da rota feita pela carreata. A foto mostra que o término seria na rua 38 com a 21, duas quadras de distância do Comitê que teria sido invadido, mas a rota não bate com o endereço divulgado nas redes sociais do atual prefeito, Renato de Castro, que é apoiador do candidato do Democratas. Na publicação ele informa que o encerramento seria na rua 36 com a 21, bem próximo do Comitê. 

A seta amarela mostra o local informado pela Assessoria onde teria encerrado a carreata, a seta preta indica a localização do término da carreata afirmado pelo prefeito Renato de Castro nas redes sociais, já a vermelha mostra a localidade do Comitê invadido, veja:

             
    PUBLICIDADE