Segunda, 21 Junho de 2021
PUBLICIDADE
BRASIL | TORIXORÉU - MT
16/03/2021 - 18:30
Moradores da zona rural de Torixoréu (MT) reclamam de estradas precárias e falta de investimentos; VEJA FOTOS
Vereador diz que muitas vezes o dinheiro para investimento no município é usado de forma indevida.
O Âncora MT
Buraco que se formou na estrada rural de Torixoréu (MT). / Foto: Reprodução

Moradores da zona rural de Torixoréu, município do interior do estado de Mato Grosso, reclamaram, através de vídeos compartilhados nas redes sociais, da falta de manutenção e dos buracos em pontos principais de acessos à propriedades e ao único assentamento do município, Assentamento de Furnas.

Um vídeo gravado por uma moradora mostra a dificuldade da comunidade, alguns precisam deixar os veículos longe e continuam o percurso a pé, pela estrada de terra. 

A reportagem do site O Âncora entrou em contato com moradores da comunidade. Revoltado, um deles que, com medo de represálias, preferiu não ser identificado, informou que o problema da falta de estradas prejudica muito a vida dos moradores. 

"Eu deixo o carro a 500 metros de casa e subo com as coisas nas costas, eu e minha mulher [...], aqui a coisa está feia", afirmou. 


"Mas este não é o único problema", relata o morador. Outro, é que mais de 30 casas foram abandonas por pessoas que não conseguiram mais viver no local, de acordo com informações, pelo fato de sentirem-se abandonados pelo Poder Púbico. 

E as reclamações também partiram de motoristas, um chegou a divulgar o estado em que ficou o seu veículo após transitar em uma das estradas.

As denúncias de descasos chegaram à Câmara Municipal, dois vereadores, Deon Nunes (PL) e Erlan Carolino (PL), foram realizar uma vistoria em uma das vias. 

A situação encontrada pelos parlamentares foi semelhante à dita pela comunidade. 

"[...] as situações das estradas estão precárias, né? Muitas vezes por conta de chuva, mas não justifica a situação em que o nosso município está vivendo, descaso com o nosso produtor, descaso com os moradores dessas regiões", disse um deles.

"[...] valor que vem para o nosso município pelo governo do estado [...] que muitas vezes é usado de maneira indevida", afirmou.

O parlamentar ainda informou que a situação é falta de planejamento.

"[...] se fizesse um serviço bem feito no período da seca não estaria acontecendo esta situação". 

Um chegou a entrar no buraco que estava no meio da estrada. 

Após o vídeo dos vereadores viralizar nas redes sociais, e uma matéria ser divulgada por um site de notícias, a Prefeitura Municipal publicou uma nota em seu perfil oficial, parte do documento diz: 

"Pode ser verificado in loco que a manutenção das estradas da zona rural está sendo assistida principalmente nas questões mais emergenciais".

A nota desagradou moradores da zona rural, que reafirmaram ao site O Âncora que há anos não são assistidos pelo Poder Público.

Uma residente disse à reportagem que, além das estradas acabadas, há quase 10 anos a ponte do Assentamento continua danificada, e todos precisam atravessar o córrego segurando em uma corda dos dois lados.

"Amarra uma corda de lá, uma ponta de cá, outra de lá e o povo passa agarrado na corda, e aí de tal maneira que está totalmente abandonado o assentamento aqui", afirmou. 

"As estradas acabaram. Aqui era ruim, mas a gente ainda passava, agora a ponte tem muito tempo. Tem uns dez anos que esta ponte rodou e ninguém fez outra", disse.

Segundo moradores, a informação de que a comunidade está com dificuldades de transitar nas estradas é totalmente verdadeira. 

Entramos em contato com os dois vereadores que aparecem nas imagens mas, até o fechamento desta reportagem, não tivemos resposta.

A equipe de jornalismo do site O Âncora foi convidada por moradores para que pudesse realizar uma visita, e ver de perto os problemas enfrentados pelos assentados e agricultores. 






             
    PUBLICIDADE