Domingo, 17 Outubro de 2021
PUBLICIDADE
BRASIL | BARREIRA TORIXORÉU - MT
29/06/2020 - 22:56
Jovem cumpre isolamento mas diz que recebeu novamente orientação "imposta" por fiscais da saúde em Torixoréu - MT
Decreto mais recente proíbe a entrada de moradores de outros municípios dentro de Torixoréu - MT, segundo dados da Secretaria de Saúde, o município não apresenta casos confirmados de contaminação pelo novo Coronavírus
Jozean Benício de Almeida
Barreira Sanitária já completa 60 dias. Em reunião da Comissão de Enfrentamento à Covid-19, foi decidido que medidas tomadas seriam mais drásticas. / foto: Jozean Benício

A prefeitura de Torixoréu, cidade do interior do estado de Mato Grosso, anunciou na última segunda-feira (22), em reunião da Comissão de enfrentamento à Covid-19, a proibição da entrada de pessoas que moram em outros municípios dentro de Torixoréu - MT, a medida é uma forma de evitar que a pandemia do novo Coronavírus chegue no local.

A ação tem movimentado as redes sociais, e o que pra muitos deveria ser uma forma de conscientização, se tornou uma pressão política. Segundo moradores, os fiscais permitem o trânsito livre entre a Barreira Sanitária somente de algumas pessoas e proíbe a entrada de outras, é o caso do jovem Marcus Vinicius de Souza Silva, de 18 anos, ele que teve o primeiro problema no dia 12 de junho, antes mesmo da proibição da entrada na cidade decretada pela prefeita Inês Coelho.

Marcus Vinícius é natural de Goiânia - GO, e mora em Torixoréu a aproximadamente 10 anos. No dia 12 foi ao município de Barra do Garças buscar açaí, produto que revende na região de Torixoréu, mas ao retornar foi surpreendido com a orientação imposta pelos agentes de saúde em ficar no isolamento por 15 dias, e ainda assinar um termo de compromisso. A família do jovem possui uma fazenda próxima à Baliza-GO, cidade que faz divisa com Torixoréu-MT, onde Marcus Vinicius permaneceu isolado.

Seguindo a data prevista para cumprir o isolamento, o jovem retornou a cidade no dia 26 de junho, e seguiu rumo ao município de Ribeirãozinho - MT, que fica a pouco mais de 54 KM de Torixoréu - MT, e a aproximadamente 472 KM da capital Cuiabá-MT, mas no retorno foi surpreendido novamente com outra orientação imposta por dois fiscais para assinar outro termo de isolamento de mais seis dias, o que não agradou o jovem que, segundo ele, teria dito que mesmo morando em Torixoréu - MT, não iria ficar na cidade, apenas queria ser escoltado para a saída de Baliza - GO.

À reportagem, Marcus Vinicius disse que mesmo querendo ser escoltado para a saída, foi obrigado a assinar o termo. Ele ainda afirmou que queria ter um tratamento semelhante a todas as outras pessoas que ganham escolta para passar pela Barreira Sanitária com destino a outras saídas do município, e não precisam de assinar termos para atravessar Torixoréu - MT.

Marcus Vinícius de Souza, além de vender açaí, trabalha em uma farmácia, porém, está afastado há 18 dias por ser impossibilitado de entrar na cidade.

À reportagem do O Âncora, o jovem disse: "[...] eu já estou há 18 dias sem trabalhar, preocupado porque tenho que pagar dívidas, tenho que pagar documento de carro, plano do celular. Só tá acumulando, eu tenho dívidas pra poder pagar e agora vou ter que ficar mais seis dias sem trabalhar [...]."


NOTA:

A equipe do O Âncora entrou em contato com o Secretário de Saúde de Torixoréu - MT, Evandro Resende, questionado, ele enviou por um aplicativo de mensagens a seguinte resposta:

"Os moradores daqui não são proibidos de entrar e todos que saem sem a finalidade de serviço essencial como saúde a gente coloca de isolamento .

Alguns dão jeito de ir para Barra do Garças não sei como mais vão simplesmente pra passar o fds (final de semana) em festas , ainda posta fotos e etc..

E dai quando vem não querem ficar em isolamento."

             
    PUBLICIDADE