Quarta, 27 Outubro de 2021
PUBLICIDADE
BRASIL | GAÚCHA DO NORTE - MT
01/01/2021 - 14:55
Homens são esfaqueados nas costas e no pescoço após discussão, em Gaúcha do Norte (MT)
Suspeito foi preso pela Polícia Militar de Canarana (MT), um homem foi esfaqueado nas costas, e o outro, no pescoço e na mão direita.
Por Jozean Benício, O Âncora MT
Faca utilizada no crime. / Foto: Reprodução

Dois homens foram esfaqueados após uma briga na madrugada desta sexta-feira (01/01/21), em Gaúcha do Norte, no interior do estado de Mato Grosso.

Um militar, que trabalha no município, informou à PM de Canarana (MT) que o suspeito, de 39 anos, após o crime, estaria fugindo à região canaranense.

O suspeito se envolveu na confusão, momento em que pegou uma faca e desferiu golpes contra duas pessoas. Após o fato, populares socorreram as vítimas e levaram à unidade hospitalar. 

Uma das vítimas, de 35 anos, levou uma facada nas costas, sendo suturado e liberado em seguida, o outro, de 40 anos, foi esfaqueado no pescoço, na mão direita e também possuía algumas lesões de "defesa", e, devido sua situação mais crítica, foi encaminhado ao Hospital Municipal de Água Boa.

A faca utilizada no crime ficou jogada próxima de uma cadeira. 

Enquanto o suspeito fugia para Canarana (MT) com a mulher e três crianças, a Polícia Militar se preparava para calcular o momento em que o veículo chegaria. No horário calculado, a guarnição saiu com sentido ao Distrito do Garapú, no percurso, os agentes avistaram o veículo com as características informadas.

Durante a abordagem, o homem saiu do carro com a boca cortada e com sangramento, além de estar com o braço e a canela esquerda arranhados. De acordo com a Polícia Militar, o veículo modelo Uno utilizado pelo suspeito teria sido furtado para a fuga.

O homem foi preso por tentativa de homicídio e furto, a mulher, somente pelo crime de furto. Os dois foram algemados e levados ao batalhão, junto com as crianças e o veículo. 

Os militares tentaram entrar em contato com o Conselho Tutelar para que acompanhasse a situação das três crianças, porém, ninguém atendeu o telefone. 

O homem, a mulher, as crianças e o veículo foram levados à Delegacia de Polícia Civil de Canarana (MT).

No local do crime, a cadeira que uma das vítimas estaria ficou ensanguentada. 

             
    PUBLICIDADE