Quarta, 27 Outubro de 2021
PUBLICIDADE
BRASIL | ÁGUA BOA - MT
10/02/2021 - 10:29
Fugitivos da Penitenciária de Água Boa (MT) serraram grades e usaram lençol para pular o muro, afirma direção
Áudio do diretor enviado à equipe de Jornalismo do site O Âncora conta detalhes sobre a fuga.
Por Jozean Benício, O Âncora MT
Penitenciária Major Zuzi Alves da Silva, em Água Boa (MT). / Foto: Jozean Benício de Almeida

As Forças de Segurança continuam à procura dos reeducandos que fugiram da Penitenciária Major Zuzi Alves da Silva, em Água Boa (MT), a 736 km de Cuiabá (MT). Samuel da Silva Souza, de 23 anos, Thiago Ferreira de Araújo, de 25, e Romano Barbosa da Conceição, de 26 anos, escaparam na madrugada da última quarta-feira, dia 03 de fevereiro. 

De acordo com informações da direção, os detentos serraram as grades do banheiro e com uma "corda" feita com pedaços de um lençol conseguiram fugir pela parte de trás da penitenciária, na região de mata.

À equipe de jornalismo O Âncora, foi informado, através de uma áudio enviado pela Assessoria de Comunicação que, após a troca de plantão, assim como todos os dias, foi feita a conferência nas celas e a chamada, momento que constataram a fuga. Em seguida foi realizado o procedimento de revista em toda a estrutura do local, na área interna e externa. 

(ACOMPANHE O ÁUDIO NO FINAL DA MATÉRIA)

"Foram disponibilizadas três equipes para fazer a recaptura, eles estão até agora, em tempo integral, e não vão parar", afirmou o diretor. 

Os detentos já conseguiram escapar de outras unidades prisionais, e tentaram, há poucos meses, fugir do Presídio de Barra do Garças (MT), quando usaram uma broca artesanal, mas não conseguiram. 

Na Penitenciária Major Zuzi Alves da Silva, há mais de 11 anos não acontecia uma fuga, por ser um local de alta capacidade, complexidade e segurança, informou o diretor. 

Os fugitivos cumprem pena por formação de quadrilha, receptação, lesão corporal, homicídio, tráfico de drogas, porte ilegal de arma, corrupção de menor,  e outros. Os três não receberam ajuda para sair da Penitenciária, posteriormente, segundo informações, duas pessoas de Canarana (MT) e uma de Ribeirão Cascalheira (MT) contribuíram para o deslocamento dos detentos. 

A direção da unidade informou que já determinou a abertura de procedimento administrativo para apurar as circunstâncias da fuga.

             
    PUBLICIDADE