Sábado, 16 Outubro de 2021
PUBLICIDADE
BRASIL | VARZEA GRANDE MT
05/02/2021 - 15:07
Filhote de jabuti passa 3 dias em caixa enviada pelos Correios em MT
Funcionários acharam filhote dentro de meia em caixa de isopor sem qualquer tipo de saída para respirar. Pacote foi enviado de São Paulo (SP) com destino a Juara (MT).
O Âncora MT
Filhote de jabuti passa 3 dias em caixa enviada pelos Correios em Mato Grosso. / Foto: Reprodução Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental (BPMPA).

Um filhote de jabuti foi resgatado nessa quinta-feira (4) depois de ficar preso sem ventilação dentro de uma meia colocada em uma caixa de isopor enviada pelos Correios a Mato Grosso.

O Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental (BPMPA) foi chamado por funcionários que suspeitaram da encomenda ao passar pelo raio-X.

O pacote com o filhote veio de São Paulo (SP) e chegou ao centro de distribuição do bairro Cristo Rei, em Várzea Grande (MT), região metropolitana de Cuiabá (MT). A encomenda tinha como destino a cidade de Juara. O filhote ficou dentro da caixa por mais de três dias.

Os policiais foram até a central e abriram a caixa de papelão. Dentro da caixa havia uma caixa menor de isopor. Já dentro dessa segunda embalagem, os policiais acharam uma meia com o jabuti ainda vivo.

O animal não tinha qualquer tipo de saída para respirar e estava em uma caixa apertada.

Segundo o BPMPA, o caso se trata de tráfico e maus-tratos de animais silvestres.

O filhote foi encaminhado para os Recintos de Animais Silvestres (RAS), localizado na sede operacional do BPMPA/PMMT para triagem e tratamento.

A polícia de São Paulo deve ser comunicada para identificar quem enviou o animal até Mato Grosso.

A Constituição Federal diz que praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos, é crime com pena e detenção, de três meses a um ano, além de multa.



Fonte: G1 MT

             
    PUBLICIDADE