Quarta, 27 Outubro de 2021
PUBLICIDADE
BRASIL | VALE DO ARAGUAIA
25/11/2020 - 22:59
Equipes se unem em campanha no Dia Nacional do Doador de Sangue
Segundo o Ministério da Saúde, 1,8% da população doa sangue de forma regular. A estatística fica um pouco abaixo dos 2% ideais definidos pela Organização Pan-Americana da Saúde.
Por Jozean Benício, O Âncora MT
Equipe que trabalhou durante a Campanha no Posto Fiscal de Pontal do Araguaia-MT. / Foto: Reprodução

A Unimed Araguaia, a PRF e a Centro América FM organizaram e distribuíram nesta quarta-feira (25/11), no antigo Posto Fiscal de Pontal do Araguaia-MT, panfletos de conscientização relembrando a importância da doação de sangue. 

O Dia Nacional do Doador de Sangue é comemorado neste dia 25 de novembro. O objetivo da campanha foi sensibilizar a população sobre a importância da doação de sangue. 

Em uma nota publicada nas redes sociais pela Unimed Araguaia foi explicado a importância da doação de sangue. 

"O ato de doar sangue sempre foi imprescindível para a saúde de todos já que com uma doação, geralmente beneficiam pacientes com doenças crônicas ou acidentes, por situações que continuam ocorrendo mesmo durante a pandemia. Por isso, manter os estoques é uma forma de ajuda-los em seus tratamentos. Faça sua parte, pois doar sangue é um gesto de solidariedade simples que, com apenas uma doação, é possível salvar até 4 vidas. Agende já a sua doação de sangue e salve vidas", disse a nota.

Militares do 58° Batalhão de Infantaria Motorizado de Aragarças-GO, também ajudaram na distribuição do panfletos. 

Segundo o Ministério da Saúde, 1,8% da população doa sangue de forma regular. A estatística fica um pouco abaixo dos 2% ideais definidos pela Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) e também dos 5% registrados em países da Europa. As doações constantes são essenciais para os estoques de plaquetas, que ajudam no controle de sangramentos e são usadas em tratamentos contra o câncer, por exemplo.

CRIAÇÃO 

Celebra-se no dia 25 de Novembro, o Dia Nacional do Doador de Sangue. A data foi criada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) no ano de 2004, e tem como objetivo sensibilizar e aumentar o número de doadores no mundo, conscientizando-os da importância da doação de sangue.Os conceitos de solidariedade e cidadania são presentes em todas as ações dos voluntários. Hemocentros e bancos de sangue de todo o país necessitam manter os estoques adequados de sangue. Pense nisso !


Quem pode doar: pessoas com peso – de no mínimo – 50 quilos; ter entre 18 e 69 anos. Também podem ser aceitos candidatos à doação de sangue com idade entre 16 e 17 anos, com o consentimento formal do responsável legal.

Quem não pode doar: quem teve diagnóstico de hepatite após os 11 anos de idade; mulheres grávidas ou amamentando; pessoas que estão expostas a doenças transmissíveis pelo sangue como aids, hepatite, sífilis e doença de chagas; usuários de drogas; aqueles que tiveram relacionamento sexual com parceiro desconhecido ou eventual, sem uso de preservativos.





             
    PUBLICIDADE